sábado, 17 de setembro de 2016

As nuvens às vezes parecem
espuma de mar.
Ressaca reprimida saindo por ai chorando.
Fazendo-me esquecer dos pingos que ontem cairam.
Bem acima da união
Que faz refletir toda essa forma.
Solidão acaba sempre por longe infindo.    

  Acabam sempre nos sonhos...   

(A.Lamego)

Nenhum comentário: